Guilherme Eddino (1986) é um músico, compositor e produtor de São Paulo/SP.

 

Foi aluno de técnica vocal da cantora veterana Cida Moreira por dois anos e hoje também atua como vocal coach realizando aulas particulares e oficinas.

 

Em 2015 lançou Tremor, trabalho autoral e independente que lhe rendeu participações no projeto Converse Rubber Tracks e no festival organizado pelo Projeto Bandas Novas, que ainda lhe concedeu o prêmio de Melhor Letra pela canção “Febre”. A faixa também apareceu na lista das 100 Melhores Músicas Nacionais do ano, organizada pelo site O Embrulhador.

 

Em 2012 lançou Pulsar, seu primeiro álbum independente, com participação de Cida Moreira e do violonista português Pedro Jóia, famoso no Brasil por seu trabalho com Ney Matogrosso.

Em 2016 estreou "Blue", espetáculo em tributo ao disco homônimo da canadense Joni Mitchell. Em 2017 realizou uma homenagem piano/voz aos 70 anos de David Bowie.

 

Também atua como parte do grupo Radiohead Cover Brasil desde 2012 e vem realizando diversos trabalhos como arranjador e produtor musical, com artistas como Ricardo Alves, Lucas Scandura e a banda Musidora.